PROJETO DE PEGADA DE CARBONO DO MILHO

DESCRIÇÃO DO PROJETO

Em 2015, a SASA iniciou a implementação do projeto de medição da Pegada de Carbono da cadeia produtiva do milho na Argentina, através da MAIZAR (Associação dos Produtores de Milho e Sorgo Argentinos), que é uma das empresas maior produção de milho naquele país. O projeto consiste no desenvolvimento de uma ferramenta flexível para o cálculo da Pegada de Carbono de dois tipos de milho (milho duro e milho genérico) e dois derivados (bioetanol e amido), incluindo a possibilidade de incluir fatores de emissão primários estabelecido nos estudos compilados pela MAIZAR.

O principal objetivo do projeto é promover que as empresas e organizações que compõem a MAIZAR meçam a Pegada de Carbono de seus produtos e serviços. O projeto também busca desenvolver um plano de ação para identificar oportunidades de redução da Pegada de Carbono.

PROJETO

  • ROL DE SASA

    Executor
  • PERIODO DE EXECUÇÃO

    2015 - 2016
  • ATORES ENVOLVIDOS

    - CAF banco de desarrollo para América Latina (Financiador)
    - SUSTENTAR (Socio ejecutor)
    - Carbonfeel (Socio técnico)
    - Red Nacional de Medición de Emisiones de Óxido Nitroso (Socio técnico)
    - MAIZAR Asociación de Productores de Maíz y Sorgo Argentino (Beneficiario)