Financiamiento Climático


Considerando a crescente taxa de urbanização no mundo, estima-se uma demanda global entre US$ 4,5-5,4 bilhões por ano até 2030 para cobrir o custo de novas infraestruturas urbanas sustentáveis. Este valor inclui uma estimativa entre US $ 0,4 a 1,1 bilhão para garantir que a infraestrutura seja resiliente e com baixas emissões (CCFLA, 2015).

Diante desse grande desafio e no âmbito dos compromissos assumidos no Acordo de País, os governos municipais são chamados a assumir um papel muito ativo no planeamento do desenvolvimento de suas cidades. É assim que eles podem contribuir com os esforços de seu país e alcançar as metas estabelecidas em suas Contribuições Nacionalmente Determinadas ou NDCs (por sua sigla em inglês).

Para isso, será importante que os governos locais saibam que existe uma ampla variedade de fontes de financiamento para ações climáticas urbanas. As fontes podem variar desde renda municipal até investimentos do setor privado, fundos nacionais e internacionais e financiamento internacional por meio de agências de cooperação bilateral e multilateral.

A SASA é especialista em projeto e análise de viabilidade do componente climático em projetos de desenvolvimento que permitem alavancar o financiamento adicional do clima para garantir sua sustentabilidade e a redução das emissões de gases de efeito estufa.


_____________________________

Cities Climate Finance Leadership Alliance, The State of City Climate Finance 2015, 2015, http://www.citiesclimatefinance.org/wp-content/uploads/2015/12/CCFLA-State-of-City-Climate-Finance-2015.pdf

© All Rights Reserved - www.sasa-bolivia.com